A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Celso&Beca ou Beca&Celso

(Dani Sigaud)

- Eu não quero ir.

- O orangotango pode atacar.

- Calúnia, ele só é selvagem.

- Não me conta mais suas histórias nota zero.

- Nem pra ser gentil, doçura.

- O nome?

- De quem?

- Do teu animal de estimação.

- Figo, Aruba, Goiaba, Jegue.

- Dicionário, enciclopédia.

- Guia de ruas.

- Esse charme todo é pra cortar minha esperança?

- E assim nasce a felicidade.

- Inocente.

- Casado, também.

- Realidade que me contraria.

- E te deixo impotente.

- Qual a razão disso tudo?

- Parar de esperar o que não existe.

- E te desprezar.

- Sem medo, te dou licença, concordo.

- Não sei se está em mim.

- Se diverte.

- Sem querer.

- E sem ignorância.

- Só pra mudar a rotina.

- Nem tanto, continuamos: aprendiz e mestre.

- Você parece um mapa chato.

- Por isso que eu quero te pegar, amo a tua maneira.

- De que?

- De amar paisagens, de ser passado, presente, futuro.

- E você é só por hoje, não?!

  • 2477 visitas desde 28/11/2005
menu
Lista dos 2201 contos em ordem alfabética por:
Prenome do autor:
Título do conto:

Últimos contos inseridos:
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com.br