A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

OS CONSTRUTORES DO FUTURO

Um sonho arquitetado nas luzes da virtude
Um desejo nascido das chamas da verdade
Surgindo para o mundo com toda amplitude
E ideais de liberdade, igualdade e fraternidade.

Frutos de um solene juramento que nos irmana
Livres dos preconceitos, ignorância e superstição,
Resgatando as virtudes que do homem justo emana
Somos os guardiães da luz, da verdade e da tradição.

Como o puro lótus surgido na lama do monturo
Somos a tradicional Maçonaria, luz do mundo
Sejamos nós pedreiros livres, os Construtores do Futuro!

Eterna corrente de justiça, amor e solidariedade
Contra a tirania, o fanatismo e as injustiças sociais,
Faremos de nossas vidas barreiras contra a maldade
Daremos nosso sangue se preciso, por nossos ideais.

Velai por seus filhos ó Grande Arquiteto do Universo
Velai pela humanidade ó Augusta e Amada Maçonaria
Velai pela virtude caríssimos irmãos, é esse o processo
E nós Construtores do Futuro velaremos pela sabedoria.

Como o puro lótus surgido na lama do monturo
Somos a tradicional Maçonaria, luz do mundo
Sejamos nós pedreiros livres, os Construtores do Futuro!


(D'anton Medrado)


voltar última atualização: 16/05/2017
13645 visitas desde 14/10/2006

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente