A Garganta da Serpente

Lili Môgone

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Despedida

Acho que não consigo mais brilhar pra você.
Talvez a chama, tudo, o céu acabou.
Não me pergunte por quê. Não é sua culpa.
Um pouco, quem sabe, que deixou a desejar.

Mas agora não quero explicar.
Ta muito vazio aqui dentro, sinto que não posso voltar.
Mas também, não quero te ferir, indo embora.
Eu sei. Eu te amava tanto, que hoje já nem sei.
Já nem sei se existe algum vestígio desse amor.

Não quero usar palavras duras.
Se pudesse faria com que esquece meu rosto.
Mas sinto que devo ir, pois nosso mundo foi embora.
E agora minha vida, tudo acabou.


(Lili Môgone)


voltar última atualização: 01/05/2006
5625 visitas desde 01/05/2006
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente