A Garganta da Serpente

Vera Abi Saber

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

fantasia

de intenções
cheio
o coração.
de tensões
que amarram
apertam
sem dó.

de ilusões
cheio
sempre.

atado o nó
cede o laço
amarga então
lasso e frouxo e
feito trapo sem graça
desnuda a carcaça
a fantasia
veste feliz.


(Vera Abi Saber)


voltar última atualização: 03/10/2005
5937 visitas desde 01/07/2005

Poemas desta autora:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente